24/03/2011

????


Acabo de acordar de outro encontro com você...
Fico me perguntando o que você fez, como pode ter me enfeitiçado desta forma??? Como posso eu estar tão vidrada em uma pessoa que eu desconheço... Chego a sentir certo medo, certa dúvida. Não seria isso apenas uma carência excessiva de minha parte??? Porém essa dúvida dissipa-se no momento que volto a falar com você. Não é carência, é encantamento, é ver que existe no mundo uma pessoa que tem a capacidade de entender-me sem que eu faça qualquer esforço para isso. É uma questão de afinidade, de quereres, poderia pensar que a vida é uma desgraça, faz com que eu encontre uma pessoa maravilhosa há quilômetros de distância, mas a distância é algo que pode ser facilmente concertado...
Já admirava o seu trabalho, era uma fã calada, sempre ficava admirando suas obras em silêncio, vez ou outra passava seus trabalhos adiante para que outras pessoas tivesses o privilégio de verem imagens tão belas, tão expressivas... Honestamente, sempre te considerei carinhoso e de uma simpatia impar, mas jamais me imaginei enamorada por você. Até mesmo porque eu não buscava um romance, apenas contava com um amigo querido que fornecia dicas valiosas sobre um novo hobby... Não foi difícil encartar-me por você, sua timidez inicial e ainda aparente em alguns momentos é algo que mostra sua alma sensível e doce...
Estou adorando o que temos hoje, e curto muito mais quando leio você escrevendo que quer mais do que temos, que isto é bom, mas que quer deixar ainda melhor... Sinto que logo vamos nos ver, olhar no olho e a partir daquele momento saberemos o que fazer  um com o outro...
Não estamos escrevendo um manual de sobrevivência, estamos dia a dia nos munindo de mais desejo de mais certezas... Estamos de uma forma vanguardista, nos conhecendo, sabendo mais sobre o ser desejado, vendo o quanto humanos somos... Virtualmente nos completamos.
Não nos encontramos em sites de encontros, mas nos encontramos em um mundo virtual maluco e estamos seguindo, por enquanto por este mundo, só imaginando o dia do nosso encontro real. O Teu EU virtual me afeta muito, e aumenta cada dia o desejo de encontrar o teu EU real... A forma que você demonstra seu desejo por mim faz com que eu acredite que vamos nos encontrar e daí para a frente só o tempo poderá dizer o que vai rolar...
Neste momento da minha vida posso dizer seguramente que te desejo muito!

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Oi tudo bem? Eu achei o seu blog pela internet, aí deixei comentário. Beijos.

    ResponderExcluir

Vou adorar ler o que você tem a dizer sobre a minha postagem! Obrigado pelo carinho!